Casamento em Las Vegas não é só para apressados e aventureiros‏

 

Las Vegas é escolha de noivos que fogem das grandes festas

Nem todo casamento na cidade do pecado é feito às pressas: há quem planeje e quem escolha casar-se por lá

Fabiana Schiavon, especial para o iG São Paulo

Casar em Las Vegas, nos Estados Unidos, não é sempre uma atitude precipitada, como visto nos filmes. Muitos casais em busca de uma experiência diferente e divertida planejam muito bem seu matrimônio na cidade conhecida por sua noite badalada, cassinos e hotéis exóticos. A cerimônia dura poucos minutos, mas fica bem guardada na memória dos casais.

Uma prova de planejamento foi dada pelo músico carioca Leonel Villar. Ele já vivia em São Paulo com a empresária Vania Costa, mas eles queriam registrar sua união de uma maneira diferente. Passaram um ano pensando em tudo. “No começo foi meio brincadeira, ‘que tal casar em Las Vegas com o Elvis?’”, relembra. Um ano depois, os dois se viram dizendo “sim” dentro da Graceland Chapel.

Pela mesma Graceland Chapel, aberta há mais de 50 anos, já passaram desde noivos “certinhos”, como Robert Trump (irmão de Donald Trump, apresentador do programa “O Aprendiz” de lá), até o popstar e galã Jon Bon Jovi. Outras celebridades, como o tenista André Agassi e os atores Richard Gere, Clint Eastwood e Jennifer Lopez, também se casaram na cidade.

Para atender aos mais de 100 mil casamentos anuais, a variedade de capelas é grande. Os apressados podem enfrentar filas de até cinco horas para o enlace. Nos cartórios há folhetos que divulgam os preços e opções. Há pacotes dos mais variados. Até casamento de helicóptero vale. Alugar um padrinho, também.

A mineira Barbara Magalhães, de Belo Horizonte, escolheu Vegas porque seria a maneira mais econômica e divertida de se casar. Ela já havia visitado a cidade e sabia que tudo podia ser rapidamente resolvido. “Lá já tem tudo à mão, é tudo muito mais fácil e mais barato”, conta a nutricionista. Ela se casou com Décio Junior, analista de sistemas, em maio de 2010. Barbara adquiriu o pacote completo e gastou R$ 2.500 para ter direito a motorista, vídeos e fotos e outros detalhes. Segundo ela, vestido de noiva, maquiagem e cabelo também não são um problema para quem quer se casar de branco em Vegas. Tudo é fácil de encontrar e por preços acessíveis.

Pegos de surpresa

Quando a cantora Fernanda Rowlands marcou sua viagem para Nova York para visitar o namorado, já sentia que algo especial estava por vir. Mas ela não imaginava que se casaria com o designer gráfico Luis Bravo em Las Vegas. “Ele acordou de manhã e me pediu em casamento. Foi comprar leite e já voltou propondo uma viagem. Foi uma grande surpresa. Quando chegamos lá, ele já me levou direto para o cartório”, lembra.

Sem se preocupar com as roupas, eles não tiveram dúvidas: pagaram um motorista que os ajudou a encontrar uma capela aberta. Pararam na Historic Downtown Church e, em 10 minutos, estavam casados. “Foi o casamento dos meus sonhos porque eu não queria coisa grande, apesar de agora a família ter nos oferecido uma festa no Rio de janeiro”, conta.

Foto: Arquivo pessoal

O casal realizou a cerimônia na mesma capela onde a cantora Britney Spears se casou

 

A assistente administrativa Julie Zanatta, que vive em Campinas, também decidiu se casar em Las Vegas de uma hora para outra. Como os demais casais que passam pelas capelas de lá, Julie e Fernando Bernachi fugiam da ideia de gastar dinheiro com uma grande festa. “Até que um dia roubaram o carro dele e a gente resolveu gastar o dinheiro do seguro com um curso de inglês em San Diego”, conta. Durante a viagem de um mês veio a ideia de se casar em Vegas. Ela encontrou um vestido de US$ 80 e ele, um smoking de US$ 70. Compraram flores em um mercadinho e improvisaram um buquê. Julie se casou na Special Memory Wedding Chapel e gastou US$ 300 dólares com tudo o que tem direito. “Minha sogra não conseguia acreditar que nós voltamos casados da viagem”, conta.

No papel

Julie já registrou seu casamento no Brasil, sem grandes problemas. Agora em novembro, comemora três anos de casada. Já Fernanda tentou registrar sua união no Brasil algumas vezes, quando vem ao país de férias – ela continua morando em Nova York. Mas a burocracia a fez desistir. Segundo o advogado Ricardo Zamariola Junior, especialista em direito de família, o casal deve primeiro registrar sua união no Consulado Brasileiro, apresentando um documento oficial estrangeiro que comprove o enlace. Chegando ao Brasil, é preciso providenciar a transcrição da certidão de casamento no cartório. “Com o atendimento dessas formalidades, o casamento realizado no exterior é válido e eficaz no nosso país”, explica o advogado.

Para garantir que o casamento seja válido, é aconselhável ter em mãos, além do passaporte, certidão de nascimento e de divórcio, caso um dos cônjuges já tenha sido casado anteriormente. É preciso providenciar ainda uma “marriage license” – licença de casamento – antes de ir para a capela. A tarifa é de US$ 60. É possível adiantar o pedido pela internet ou se programar para visitar um cartório com antecedência, mediante pagamento de uma taxa de US$ 5, que pode ser feito com cartão de crédito. Viva Las Vegas!


*As informações acima retirei do site http://delas.ig.com.br/noivas/las+vegas+e+escolha+de+noivos+que+fogem+das+grandes+festas/n1237801372215.html#2 através de pesquisa na internet.

Esse post foi publicado em Casamento. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Casamento em Las Vegas não é só para apressados e aventureiros‏

  1. ana carla gabriel disse:

    boa tarde!
    se alguém casa lá, mas volta ao país e não homologa esse casamento é válido? posso simplesmente casar novamente aqui e me ‘esquecer’ do anterior? rs
    obrigada!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s