Falando sobre Estudo associa infidelidade masculina à baixo QI

 

Citação

Estudo associa infidelidade masculina à baixo QI

Ontem, assistindo ao Jornal Naconal, não pude deixar de me impressionar com a reportagem que garante que homens com QI mais alto são menos infiéis… Será verdade mesmo?
 

Homens com QI mais alto são menos infiéis

É o que garante uma pesquisa de uma das mais renomadas escolas de economia e ciências políticas do mundo. Para as mulheres, trair não é uma questão de inteligência, apenas de vontade e oportunidade.

Um estudo que foi divulgado nesta segunda vai render muita discussão, porque investiga simplesmente a relação dos homens com a fidelidade. Quem mostra, de Londres, é o correspondente Marcos Losekann.

Um homem, uma só mulher. Pelo menos, se o homem for inteligente. É o que diz a pesquisa divulgada nesta segunda pela London School of Economics, uma das mais renomadas escolas de economia e ciências políticas do mundo.

Os pesquisadores examinaram os resultados de estudos feitos nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha e concluíram que homens com o QI mais alto têm menos tendência a trair suas mulheres.

Nas ruas de Londres, o estudo virou o assunto do dia. “Eu era muito burro no passado. Hoje em dia, eu evoluí e sou um cara fiel”, disse um brasileiro.

“Pode ser homem, mulher, homossexual, mas a pessoa inteligente não trai”, afirmou uma brasileira.

Mas há controvérsia. “Os homens sempre traem”, ataca uma aposentada. “Se fossem inteligentes não trairiam”.

Um professor acha que tudo depende do quanto se ama. Para ele, a inteligência ajuda o homem a escapar das consequências da infidelidade.

Os pesquisadores explicam que os homens mais cultos avaliam melhor os prós e os contras da traição.

A pesquisa conclui que essa relação entre a fidelidade masculina e a inteligência é um sinal de evolução. Para o homem primitivo, a promiscuidade ajudava a multiplicar a tribo. Para o homem moderno, o mais importante é a estabilidade da relação e a família.

O dado mais polêmico se refere às mulheres: os cientistas não encontraram evidências semelhantes em relação ao comportamento feminino. No caso delas, trair ou não trair não seria uma questão de inteligência, apenas de vontade e oportunidade.


*A imgem ilustrativa deste post retirei do site http://img696.imageshack.us/img696/1296/cutterinfidelity7094972.jpg através de pesquisa na internet.

*As informações acima retirei do site http://jornalnacional.globo.com/Telejornais/JN/0,,MUL1511244-10406,00-HOMENS+COM+QI+MAIS+ALTO+SAO+MENOS+INFIEIS.html através de pesquisa na internet.

Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s